Ladainha PDF ↠ Paperback

Ladainha [Download] ➻ Ladainha ✤ Bruna Beber – Thomashillier.co.uk Bruna Beber tenta retirar, ao extremo, o peso, a profundidade e a densidade da poesia A come ar pelo t tulo tipo de canto, prece ou recita o que prov m de uma dimens o religiosa, a palavra ladainha pa Bruna Beber tenta retirar, ao extremo, o peso, a profundidade e a densidade da poesia A come ar pelo t tulo tipo de canto, prece ou recita o que prov m de uma dimens o religiosa, a palavra Ladainha passou a ser usada para dizer aquilo que se repete incansavelmente apesar de j ter perdido o sentido Ainda, ao escolher n o dar t tulos aos poemas, mas apenas enumer los com a sequ ncia dosprimeiros n meros primos, Bruna Beber foge simples infinitude dos n meros naturais, aspirando a uma infinitude ainda n o de todo mapeada O que poderia ser visto como um exerc cio de banalidade e humor propositalmente afirmativos , antes de tudo, uma posi o ironicamente cr tica da poesia para com sua hist ria, para com a poeta, o leitor, a tradi o, o mundo, o nosso tempo e, mesmo, a vida.


10 thoughts on “Ladainha

  1. Felipe Felipe says:

    Acho fascinante o insucesso em agarrar um autor ou obra do jeito que se pretendia E digo isso sobretudo pensando em como interessante, ainda que conturbada, a rela o com uma obra que voc tenta delinear sobre os mais variados aspectos e nenhum deles parece particularmente apropriado E a Bruna Beber, por exemplo Rua da Padaria, meu primeiro e at ent o nico contato com sua poesia, tinha o interesse quase l dico pela mec nica das coisas vistas e a f sica das coisas sentidas que tanto movem Acho fascinante o insucesso em agarrar um autor ou obra do jeito que se pretendia E digo isso sobretudo pensando em como interessante, ainda que conturbada, a rela o com uma obra que voc tenta delinear sobre os mais variados aspectos e nenhum deles parece particularmente apropriado E a Bruna Beber, por exemplo Rua da Padaria, meu primeiro e at ent o nico contato com sua poesia, tinha o interesse quase l dico pela mec nica das coisas vistas e a f sica das coisas sentidas que tanto movem uma Matilde Campilho ou uma Ana Martins Marques, mas talvez levasse esse l dico a um espa o que n o nem o da brincadeira ou da palavra brincante nem o da experi ncia Em resumo, ainda que n o desgostasse, Rua da Padaria me parecia obra de uma poeta presa no limbo entre a pesquisa de sua linguagem e o devaneio juvenil nada contra este n o t o inspirado N o sabia ao certo como agarr lo, como l lo curioso que, ao come ar a leitura de Ladainha, eu acreditasse erroneamente que este havia sido lan ado antes de Rua da Padaria, ou seja, fosse um trabalho ainda menos maduro Talvez da mais uma dificuldade de compreens o Ladainha se afasta lenta mas firmemente das imagens palp veis e afetivas do trabalho anterior, e a poeta se oferece um pouco menos otimista, os pal cios de sua mem ria francamente abalados, se n o em ru nas, e a percep o do mundo apontada para microcosmos, sobretudo os naturais, sobretudo os que oferecem algo de opositor, dif cil O exerc cio da ladainha do t tulo uma prece agoniada ou uma enumera o fren tica de elementos surge na busca por um questionamento pessoal n o uma pergunta j existente, mas o desejo de inquirir se no que h de mais elementar.Talvez seja sobretudo o car ter r tmico e por vezes aliterativo da poesia de Beber que renda a sensa o de estarmos ouvindo os processos de livre associa o de uma crian a, que v o mundo pela primeira vez e tenta aplicar sentido quilo de acordo com sua bagagem Em Ladainha esta crian a soa como aprisionada no corpo de algu m cujas utopias j cederam e por meio dessa enumera o febril, remonta o mundo como o conhece Ao dizer que Todo poema carrega um rosto e nele um susto que nunca passou Bruna se rende vontade de encerrar nessa entidade fundamental, disposta no livro de uma forma concreta mesmo quando n o o , os mist rios que n o consegue nem tem pretens o de compreender, mas talvez seja esse o grande jogo de sua poesia a liberdade da incompreens o.https osobressalto.blogspot.com 201


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *